Em primeiro lugar, certifique-se junto ao seu “guru” de que a impressora está corretamente instalada – física e logicamente. Vamos partir do princípio de que esteja.

Antes de imprimir, aconselho a salvá-lo novamente (às vezes “dá pau” na hora de imprimir). Após ter salvo a primeira vez, quando você clicar no Menu Arquivo ® Salvar, não aparecerá mais a janela que descrevi na pergunta anterior. Isto significa que você está simplesmente salvando as alterações que efetuou no seu documento, em local pré-estabelecido, com nome e formato já definidos. Se quiser salvar em outro local, ou com outro nome ou formato, clique em salvar como. Mas deixemos isto para outra ocasião.

Pois então vamos aos passos para impressão. Se antes você quiser ter uma visualização de como ficará seu texto impresso, vá no menu Arquivo ® Visualizar impressão. Se ficar meio sem saber o que fazer, não entendendo nada, simplesmente tecle ESC (Escape – aquela tecla no extremo superior esquerdo do teclado). Oportunamente veremos todas as questões “não elementares”.

Volte ao menu Arquivo ® Configurar Página. Aparecerá uma janela, com 4 guias (margens, tamanho do papel, origem do papel e layout). O que importa no caso é principalmente a segunda guia – tamanho do papel. As margens já vem pré-definidas pelo Windows como “margens – padrão”, e neste momento ainda não é necessário alterá-las. Veja se o tamanho do papel que aparece selecionado corresponde ao tamanho do papel que você está usando. Caso positivo, feche esta janela. Caso o tamanho definido seja diferente do que está usando, clique na setinha para baixo ao lado da opção “Tamanho do papel”. Aparecerá um menu chamado de “drop down”, com todas as opções de tamanho de papel que existem. Selecione o correto, clicando sobre a opção desejada (certifique-se de que o tamanho escolhido apacereceu na caixa “tamanho do papel”) e em seguida clique em OK.

Isto feito, é hora de imprimir. Para tanto clique em Arquivo ® Imprimir. Aparecerá uma nova janela. Em impressoras, verifique se a sua impressora está listada (é possível instalar a nível de software mais de uma impressora, mesmo um modelo que você não possui... mas esqueça este detalhe, por hora, please!!!), e clique em propriedades. O que aparecerá depois vai depender da impressora que você instalou. Se tratar-se de uma impressora a jato de tinta, normalmente será possível optar por uma impressão econômica – pelo que me consta você economiza aproximadamente 50% de tinta numa impressora HP 660 C (que é a minha).

E novamente poderão aparecer as opções de configurar o tamanho do papel e a orientação: retrato ou paisagem (ainda não falamos sobre isto). As duas utilidades que vejo (pelo menos no caso do driver[1] que recentemente instalei em minha impressora) – são a opção de escolher o tipo de impressão (econômica, normal ou perfeita) e o tamanho do papel. Mas isto depende muito do driver instalado – às vezes umas opções funcionam, às vezes não. Infelizmente, o mundo não é perfeito como gostaríamos... Mas isto já não é elementar, meu caro Watson!

 


[1] Driver vem a ser um software encarregado de gerenciar algum dispositivo físico, como uma impressora. Além da instalação física da máquina, é necessário instalar um programa que gerencie o funcionamento deste hardware.

Voltar

 

Bits, Bytes, You & Art > > > your space in the Web!!!  www.verinha.de